sábado, 8 de outubro de 2016

Das coincidências...

Eu não tenho um blog conhecido, nem tão pouco tenho os seguidores de tantos outros. E pensei mil vezes antes de escrever esta publicação, pois nunca me quis meter nestas "complicações" on-line, que é perda de tempo (e continua a ser). Mas às pessoas que mostrei isto, ficaram admiradas (diga-se chocadas), e incentivaram-me a fazer este desabafo, pois é flagrante o descaramento dizem elas. E se por alguma coincidência não for uma aproximação a plágio, lamento, mas também fica de chamada de atenção, para sermos originais, e verificar se escrevemos algo idêntico a outra pessoa que está a escrever sobre o mesmo assunto.

Eu não escrevo tão bem como o fazia, a falta de prática leva a isso mesmo, no entanto, esforço-me SEMPRE para não fazer cópias, e mesmo em produtos que me são oferecidos nunca, mas NUNCA me limito a copiar o que vem descrito nas cartas, pois revela pouco cuidado. Posso não ser Nobel da Literatura, mas sei que não vou ser igual ao vizinho do lado. Estava eu tranquila a ver a dita publicação, já nem me lembrava da minha, e tive uma sensação de: "Ui, eu acho que escrevi igual!" 

Ora, ao receber produtos de uma marca concreta, escrevi um texto com a minha opinião sincera, e como em todos os produtos pré-feitos, a minha consciência diz sempre para deixar bem claro que devem ser consumidos com moderação, mas é a MINHA consciência, logo, é a minha opinião, nenhuma marca ia incentivar a consumir com moderação não é verdade? Posto isto, vou vos mostrar dois excertos dos textos, e gostava também que me dessem a vossa opinião se os dois se assemelham:

O meu:










O outro blog:








Causou-me surpresa, muito mais por ser alguém com bastantes seguidores, alguém "credível", e como tal sei bem que corro o risco de ser "olhada" de lado e perder uns seguidores. Mas não estou de maneira nenhuma a ser mal educada, por isso estou bem e tranquila, mesmo que tenha sido uma grande coincidência. Isto para mim não é o fim do mundo, mas revela uma falta de originalidade, e mostra que nem sempre a quantidade é sinónimo de qualidade, e um conselho: quando as pessoas sabem que alguém vai escrever sobre o mesmo, verifiquem SEMPRE se escreveram um texto igual, pois estas coisas acontecem, é o que eu faço pelo menos, e a isso se chama PROFISSIONALISMO, mesmo que "isto" seja apenas um hobbie. Não vou referir nomes, porque não é minha intenção criar conflitos, e também não irei tirar "satisfações" com a pessoa pois é totalmente desnecessário, simplesmente ignora-se. Porque na vida existem tantos problemas, não é preciso mais um, por menor que seja. 
Quando a pessoa em questão ler, e se souber que foi apenas coincidência poderá dizer, e estarei aqui para ouvir; se o "barrete" servir, é apenas uma maneira de ficar com a noção que se pode retirar ideias, mas nunca fazer algo (quase) igual aos outros, por falta de tempo ou de outra coisa qualquer. Isto é como na escola, não basta decorar a matéria e escrever tal e qual nos testes, é preciso estudar e dar a sua interpretação. 
O que me deixa incomodada é o facto de o leitor ler dois textos com as mesmas ideias, e quase as mesmas palavras em dois blogues distintos, e isso dá uma péssima imagem, porque eu não faço copy paste de nada. Posso não ser um José Saramago, mas pronto...fica mal não é verdade? 

(Isto custa caramba, sou da paz, mas desta vez teve de ser, mas é levezinho :))


23 comentários:

  1. As vezes mais vale sermos mais "pequenos" mas sermos honestos conoscos proprios , fazer aquilo que está certo e nao fazer as coisas fazer por fazer, ter um blog dá trabalho mas fazemos isto com gosto é um hobie nada mais como outro qualquer, e quando aparece assim coisas , normal ficarmos "tristes" mas como dizem bola para a frente, pode ser que a consciencia da pessoa fique pesada :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora nem mais. Pequenos mas honestos! :) Não quero que a consciência fique pesada a ninguém, porque não é um crime terrível...mas que repare que não se faz, e causa um pouco de indignação, mas muito pouca! ;)

      Eliminar
  2. Marlene eu vi esse blog de que falas e identifiquei logo que já tinha visto escrito noutro lado, mas até pensei que fosse daqueles textos que nos entregam quando nos enviam os produtos sabes? As cartas que acompanham os produtos... Enfim... É como fazerem exactamente as mesmas receitas, sem mudar uma vírgula e nem fazerem referência de onde tiraram... Acho que não custa nada e só nos fica bem...
    Beijinho
    http://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh...a sério que viste logo? Vês? Era exactamente isso que queria evitar, que me juntassem ao saco de quem não pensa o suficiente para escrever algo próprio... mas como disse, não é algo que me tire o sono, apenas é injusto...mas a pessoa em questão há-de ter consciência disso e para a próxima não faz!

      Eliminar
    2. Oh...a sério que viste logo? Vês? Era exactamente isso que queria evitar, que me juntassem ao saco de quem não pensa o suficiente para escrever algo próprio... mas como disse, não é algo que me tire o sono, apenas é injusto...mas a pessoa em questão há-de ter consciência disso e para a próxima não faz!

      Eliminar
    3. Sim percebo perfeitamente o que dizes... só fiquei surpreendida porque não estava à espera do blog em questão e como tinha lido no teu primeiro percebi o que se tinha passado... sabes que isto de trabalhar com miúdos que copiam os trabalhos uns dos outros dá-nos memória fotográfica e foi isso que me aconteceu. Com certeza não terá sido com má intenção e pode ser que com este teu post cada vez mais os bloggers tenham mais atenção às publicações que fazem, ou neste caso, às publicações em que se "inspiram"!

      Eliminar
    4. Mesmo...eu também tenho muito boa memória fotográfica, e quando li aquilo, pensei...fui eu que escrevi isto! As pessoas dizem que eu fui e sou muito tótó, pois a pessoa continua com a fama, quando nem vontade teve de escrever algo por ela, e pessoas adultas não são "burras". Mas é como digo Joana, quantidade nem sempre é qualidade. Posso não ter também qualidade, mas sei que ninguém me pode atacar com nada, e isso vale muito. Mas está tudo bem! :)

      E muito obrigada pelo teu comentário, acredita que me fez sentir mais compreendida...

      Eliminar
  3. Infelizmente há muitas pessoas que fazem sucesso com o trabalho e material dos outros. Então na internet é o que mais existe.
    Espero que não se volte a repetir.
    Beijinho* Confissões de uma Pecadora by Valentina

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Realmente na Internet é o que mais se vê. Beijinho*

      Eliminar
  4. É realmente muito triste quando isso acontece. Com umas amigas minhas que tinham um blogue onde publicavam uns bolos decorados que faziam, alguém lhes roubou e publicou a receita e fotos como sendo da própria. Elas iam ao blogue em questão reclamar mas os comentários como é óbvio nunca viam a luz do dia! É pena que as pessoas não tenham vergonha na cara!
    Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tive para não publicar isto, porque como já disse é algo que não esperava, mas todas as pessoas em minha volta viram semelhanças flagrantes, e disseram que deveria sim expor isto...não para deitar abaixo ninguém, pois eu gosto muito de estar na paz com todos, mas porque simplesmente isto é ridículo. Uns com a fama...mas está tudo bem Inês! :) Vamos lá ver é se não perco uns seguidores! :D eheh

      Eliminar
  5. Marlene, é triste o que contas. Há quem não tenha ideias próprias e tenha de recorrer à copia não autorizada para conseguir publicar alguma coisa. Esse blog deve estar cheio de coisas roubadas.
    Não te deixes abater!
    Um beijinho.
    Vanda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não está cheio de coisas roubadas (pelo que sempre vi não me parece), nem tão pouco está o meu texto escrito com as mesmas palavras (na integra), mas a essência está lá. Fiquei um pouco chocada confesso, e não esperava. Aliás, espero que seja uma coincidência MUITO grande, mas infelizmente não parece, não posso ser tão ingénua. Mas eu não me deixo abater! :D Fossem todos os males do mundo este...aliás, nem tão pouco me vou chatear ou falar com a pessoa em questão! :) Foi só como uma chamada de atenção, para antes de publicarem verem bem e terem cuidados...apenas isso. Porque é feio...

      Um beijinho*

      Eliminar
  6. Olá Marlene: fizeste muito bem em escrever este "desabafo". Penso que não custa dar os devidos créditos a quem de direito, colocar aspas nas citações, por exemplo, e referir a fonte ou então mudar completamente o texto, caso contrário estamos perante plágio puro e simples. Feio e deselegante.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É apenas muito feio, é isso mesmo, muito feio!
      Beijinho Márcia! :)*

      Eliminar
  7. Sabes lá quantas vezes isto já me aconteceu. A ti copiaram a alma do texto a mim copiam tudo texto, fotos, até trabalhos! Sei o que estas a sentir e é muito triste. Fizeste bem escrever isto é ridículo ainda para mais saber que se estão a apropriar do nosso trabalho. Parabéns pela iniciativa e continua original, beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora ai está Alexandra! Copiaram a essência do que eu quis transmitir com a minha opinião. Pode não ter sido cópia descarada, mas na minha opinião nem sei o que é pior, porque se eu tenho trabalho a alterar um texto, para isso escrevo um de raiz...digo eu né? :) Mas eu sei lá...ainda são capazes de dizer que é apenas coincidência, e eu vou dizer o quê? eheh

      Mas realmente copiarem trabalhos inteiros, isso é mesmo mau. Mas olha, pensa positivo, se não achassem o que fazes bom não copiavam! :D

      Um beijinho e obrigada pela tua visita aqui no blogue! ;)

      Eliminar
  8. Que descaramento....... e não digo mais. O actos ficam com quem os pratica.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enfim Sofia! :) É mesmo isso...os actos ficam com quem os pratica!

      Um beijinho*

      Eliminar
  9. Não sei se consegui publicar o meu comentário, por isso vou escrever de novo. Disse que identifiquei logo a que blogue te referias, pois reconheci o texto, é um blogue que sigo. Quero acreditar que não foi por maldade, não compreendo mas deve haver uma razão. Percebe-se o teu sentimento e o teu desabafo.

    Beijinho Ana
    http://acasinhadasbolachas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro...por maldade nestes aspectos nunca é, nada de muito grave! :) Sinceramente não me vou cansar com isto! eheh
      Também era um blogue que seguia. Se foi por falta de tempo, ou se foi por outra motivo qualquer não sei...

      É apenas uma chamada de atenção este "desabafo", nada mais! :)

      Beijinho Ana :)*

      Eliminar
  10. Imagino o que tenha custado fazer o desabafo, como tu, também não sou destas confusões, mas verdade é que quando é assim tão óbvio temos que dizer, e talvez devesses dizer directamente à pessoa também... às vezes precisamos de "um puxão de orelhas" para percebermos certas coisas. Isto de ter um Blog da trabalho e requer muita originalidade, é precisamente a originalidade que distingue uns dos outros... É bom sinal quando vemos que o nosso trabalho serve de inspiração a outros (é sinónimo de que estamos a fazer algo bem não é verdade?), agora plagiar é outra coisa... ânimo e continua com este teu projecto, estas no bom caminho :) beijocas

    Ana Costa
    www.petiscana.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, pensei em falar com a pessoa, mas detesto qualquer tipo de conflito por mais básico que seja o assunto (como este é), e penso também em como a pessoa iria reagir ao ser confrontada, e não gosto de nenhum tipo de chatice (vê lá tu, eu é que sou "copiada" e ainda me preocupo).

      Mas é algo que não me tira o sono, na realidade tenho de me sentir lisonjeada, não faço um trabalho extraordinário, mas mesmo assim foi alvo de "cópia" ;) Os actos ficam com quem os pratica...se acontecesse de novo algo parecido, ai sim eu falaria...

      Este texto serve também para outras pessoas que se limitam a copiar o trabalho dos outros, não vale a pena, pois existe sempre quem repare, e podemos até escrever apenas uma única frase, mas se formos originais e honestos na nossa opinião, isso vai ser valorizado!

      Obrigada pelo teu comentário!
      Um beijinho Ana :)*

      Eliminar