sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Flan pâtissier (ou uma tarte de flan)

Bounjour! Ça va bien? :) 

Flan Pâtissier ou tart au flan, ou ainda Flan Parisiennada mais é que uma espécie de creme de pasteleiro enformado. Um género de pudim. É maravilhosa esta receita. Um clássico da pastelaria francesa, e que eu dei um ligeiro twist ao juntar, o tão nosso vinho do Porto. Fica bem aromática e deliciosa. 
Eu queria também ter usado a vagem de baunilha, para aquelas sementes darem o ar da sua graça na tarte, mas quê? O preço da baunilha está de fugir. 5 euros por uma vagem? 8 euros por duas? Nem pensar. Usei o extrato e ficou agradável da mesma maneira. 
Decidi também fazer sem uma base. Mas com massa folhada fica ainda mais saboroso! 
A preparação está também em video no fundo da publicação. Espero que se inspirem, e vão a cantarolar músicas francesas para a cozinha! 

Oh-la-la


















Ingredientes

1 litro de leite gordo
4 ovos L
135 gramas de açúcar
100 gramas de amido de milho (Maizena)
1 colher (sopa) de vinho do Porto
1 colher (chá) de extrato de baunilha

Preparação 

Unte uma forma redonda de 23 cm com manteiga e forre o fundo com papel vegetal.
Numa panela pequena junte o leite, o vinho do Porto, e o extrato da baunilha.
Leve ao lume até levantar fervura. 
Se o leite ganhar aquela película de nata no topo, retire-a. 
Parta os ovos para uma taça. Junte o açúcar  e bata bem. 
Seguidamente junte o amido de milho e mexa muito bem com um fouet até não ter mais grumos e ficar um preparado liso e homogéneo. 
Vá juntando o leite aos poucos à mistura dos ovos mexendo sempre.
Coloque o preparado novamente na panela. 
Leve a lume brando, mexendo constantemente até engrossar. 
Verta o creme na forma espalhe com uma espátula, para que fique o mais liso possível. 
Leve ao forno a 180ºC entre 40 a 45 minutos. No entanto pode variar de forno para forno, vá verificando. 
Se a crosta estiver a ficar demasiado escura durante o tempo no forno cubra com papel de alumínio. 
Retire do forno e deixe arrefecer totalmente antes de desenformar. 
Deixe no frigorífico umas 2 a 3 horas antes de servir. 
É preferível servir frio. 

Nota: Podem colocar uma base na tarte, usando massa folhada, massa quebrada, ou ainda massa areada. 



11 comentários:

  1. Ficou tão linda Marlene! Parece uma tigelada XXL, e o que eu adoro tigeladas! <3
    Adorei :)
    Beijinhos e bom fim-de-semana.
    www.petiscana.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Ana! :D

      Pois parece mesmo. E tigeladas é tudo de bom! ihih

      Este sabe a um pudim francês, pelo vinho do Porto! :)

      Beijinho*

      Eliminar
  2. Olá Marlene! Adorei o teu flã e o vídeo! Parabéns!
    Ando à que tempos para fazer esta receita e ainda não chegou o dia :)
    Bjs e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Marta! :)

      Muito obrigada pelo teu comentário. Ainda bem que gostas! Tento melhorar cada dia mais! :)

      Tens de experimentar. É muito delicioso :)

      Um beijinho e bom fim-de-semana! :)*

      Eliminar
  3. Olá! :)

    A seguir o teu blogue! Não conhecia ainda, gostei muito, parabéns!

    Beijinhos
    Blogue | Facebook | Instagram | Youtube | Zomato | Pinterest

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá! :)

      Muito obrigada! Eu a ti já sigo há muito ;) eheh

      Um beijinho :)*

      Eliminar
  4. Que delicia¡¡¡¡¡ besos y buen fin de semana

    ResponderEliminar
  5. Gosto tanto desta tarte, já não faço há muito tempo e essas fotos maravilhosas puseram-me água na boca Marlene!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Ai, mas que delícia!!! Quero uma fatia ahahahah
    Beijinhos
    http://acucarsal.blogspot.pt/

    ResponderEliminar