segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Para todos...

um Feliz Natal, e uma entrada em grande no ano de 2015...

Beijinhos

Fonte










quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Fritos de maçã

Esta é uma estreia no grupo Quinze dias com..., um grupo em que a cada quinze dias é escolhido um Chef e nós temos de recriar uma receita do mesmo. Nunca até hoje tinha participado até por distracção, ou quando via algum Chef em questão não me agradava muito, e ia passando o tempo sem participar. Mas tendo em conta que esta quinzena é de escolha livre, pensei que não haveria melhor altura, e tentarei participar mais vezes com certeza no futuro. 

A minha Chef escolhida é a Laura Vitale, ou nem sei se assim a hei-de tratar, porque na realidade ela também não se intitula dessa maneira. Mas como possui canal de youtube, site, o seu próprio programa de culinária e livro a caminho, acho que merece o destaque. Sigo-a há um par de anos, e aprecio principalmente a simplicidade da cozinha dela, a maneira descontraída e genuína de como faz as suas receitas, e o carinho que lhes dedica a criar e partilhar com os outros. Por ter a mesma idade que eu, pela maneira de ser em alguns aspectos parecida com a minha, foi também um dos incentivos quando criei o meu blogue há mais de dois anos. Pensei, ora porque não começar a partilhar as receitas? Mas claro, não tenho nem metade do talento dela e de outras pessoas que gosto e acompanho, que não são muitas.  

A receita escolhida é perfeita para esta época, e simples de fazer! Uns fritos de maçã, são deliciosos.




INGREDIENTES
Retirada daqui

200 gramas de farinha para bolos sem fermento 
50 gramas de açúcar branco 
160 ml de leite 
2 colheres (de chá) de fermento em pó 
1 pitada de sal
1/2 colher (de chá) de canela em pó 
1 ovo 
2 colheres (de sopa) de manteiga derretida  
1 colher (de chá) de extracto de baunilha
1 maçã grande partida em cubos e sem casca

Óleo vegetal (para fritar) 
Açúcar em pó (para polvilhar) 

MODO DE PREPARAÇÃO 

Num recipiente misture a farinha, o açúcar, o fermento em pó, a canela em pó e a pitada de sal. 
Noutro recipiente misture bem o leite, o ovo, a manteiga já um pouco arrefecida e o extracto de baunilha. 
Misture com os ingredientes secos e incorpore com umas varas ou uma espátula. 
Adicione as maçãs ao preparado misturando bem. 
Com uma colher de retirar gelado ou uma colher de sopa, coloque massa numa frigideira com bastante óleo já quente, mas não em demasia para não queimarem. Não coloque muita quantidade de massa, para a temperatura do óleo não baixar. 
Vá virando de ambos os lados até dourarem.
Retire com uma escumadeira e disponha numa travessa com papel absorvente. 
Faça o mesmo com toda a massa. 
Coloque-os no prato a servir e polvilhe com açúcar em pó. 

Bom Apetite! 

Também eu tenho um canal de culinária no YouTube! Subscrevam, se gostarem! 


quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Panquecas de laranja - Amigo Blogger Secreto 2014

Esta ideia gira de fazer o amigo secreto entre bloggers partiu da Ana do Da Nossa Cozinha. Uma ideia diferente e uma forma de conhecermos outros blogues, das mais diversas temáticas. Merece sem dúvida os parabéns pela iniciativa, tão bem organizada e pensada. 

A minha "amiga secreta", é autora de um blogue totalmente diferente do meu, e que não conhecia de todo. É o blogue Re-grávida - O blog da M&M, um blogue familiar, de partilha, um blogue de uma mãe que dá a conhecer os detalhes da vida diária e de grávida. A autora é a Rita, e gostei particularmente do nome de uma das filhotas dela, Margarida. É o mesmo nome que quero dar se um dia tiver uma filha (eu e o meu namorado já temos os nomes escolhidos à anos). A receita escolhida: Panquecas de laranja. Nada melhor para partilhar do que panquecas ao pequeno-almoço ou ao lanche, e agrada a pequenos e graúdos. 











INGREDIENTES (cerca de 8 panquecas pequenas) 

1 ovo tamanho L
200 ml de leite
250 gramas de farinha de trigo
4 colheres (de sopa) não muito cheias de açúcar amarelo
1 colher (de chá) cheia de fermento em pó
1 laranja pequena (raspa)
2 colheres (de sopa) de sumo de laranja (espremido na hora)
1 colher (de chá) de extracto de baunilha
1 pitada de sal
Óleo vegetal q.b.  

MODO DE PREPARAÇÃO

Num recipiente colocar a farinha, o fermento em pó, a pitada de sal e a raspa da laranja, misturar com umas varas.
Noutro recipiente bater o ovo, juntar o leite, o açúcar amarelo, o sumo da laranja e o extracto de baunilha, mexer bem.

Juntar os ingredientes líquidos à farinha e misturar, mas não muito, pode perfeitamente ficar com grumos, para a massa não ficar tão dura.

Deixar repousar uns 30 minutos. 
  • Deitar um pouco de óleo numa frigideira anti-aderente e espalhar bem.
    Com a ajuda de uma concha de sopa colocar pequenas porções de massa na frigideira, e deixar cozinhar até a panqueca começar a ganhar bolhas, e está pronta a ser virada (cuidado com a temperatura para não as escurecer demasiado).
    Fazer o mesmo procedimento com toda a massa.
    Sirva simplesmente com açúcar em pó ou com o topping que mais gostar (mel, molho de chocolate, etc.)


Bom Apetite! 








segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Rosca de canela - Amigo secreto 2014

Foi lançado um desafio bem giro no facebook através do grupo fechado Amigo Secreto 2014, em que nos era atribuído por sorteio uma pessoa com um blogue/página de facebook, e como presente faríamos uma receita da mesma, uma forma de partilha generosa, e sem gastarmos muito dinheiro divulgamos o nosso trabalho e damos a conhecer novos blogues/páginas. Uma ideia original. Esta época têm de ser mesmo assim, de partilha, não é verdade? Espero que todos gostem da receita escolhida! 

A mim não me calhou um blogue, mas sim uma página de facebook. A Sugar Bites, da Paula Guerreiro. Já seguia a página, e rendia-me às delícias doces. É uma página com poucos "gostos", mas na minha opinião, merecia mais, não é uma página em que se limita a colocar as fotografias e apenas os textos das receitas e pronto, já está. Há um cuidado nas fotografias, e até mesmo a descrição das receitas é feito através de texto mas em fotografia, o que eu acho mesmo muito giro, e o que implica algum trabalho e dedicação. A receita que escolhi, foi algo bem simples e que se enquadra perfeitamente nesta estação de ano fria. Escolhi uma Rosca de canela, aromática (adoro canela) e tão fácil de fazer...e para mim foi uma estreia, nunca tinha feito um pão doce, aliás, tentei uma vez fazer pão, mas ficou horrível. Esta rosca doce apesar de não ter ficado perfeita, ficou muito boa, e é algo a repetir sem dúvida, mais receitas de pães doces e salgados virão. 

























A receita que segui na íntegra, podem ver aqui


Bom Apetite! 

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Bolachas de canela e laranja

Umas bolacinhas simples, mas bem aromáticas. Não tenho muito jeito para grandes decorações nas bolachas. Mas na falta do visual natalício, está o sabor que a canela e a laranja dão. Estas vão para o desafio mensal Dia Um...Na Cozinha!

INGREDIENTES

125 gramas de manteiga (à temperatura ambiente)
70 gramas de açúcar amarelo
1 ovo tamanho M
1 laranja pequena (a raspa)
160 gramas de farinha de trigo sem fermento
1 colher (de chá) de canela em pó

MODO DE PREPARAÇÃO

Bater com uma batedeira eléctrica ou umas varas a manteiga com o açúcar, até estar bem incorporado.
Juntar o ovo, a raspa da laranja e a canela, bater mais um pouco.
Adicionar a farinha e misturar bem, com as mãos ou com uma colher de pau.
Forme uma espécie de bola e embrulhe em película aderente.
Coloque no frigorífico cerca de 30 minutos a 1 hora para firmar a massa.
Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Numa superfície polvilhe um pouco de farinha, e com um rolo estenda a massa e com cortadores de qualquer formato vá cortando a massa e dispondo num tabuleiro de forno com papel vegetal.
Se a massa começar a amolecer, coloque no frio o tabuleiro uns minutos antes de levar ao forno.
Leve ao forno cerca de 10 a 12 minutos .
Retire e deixe arrefecer.
Guarde-os num recipiente hermético para os conservar.



Bom Apetite!

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Bolo de chocolate





INGREDIENTES

200 gramas de farinha de trigo sem fermento (peneirada)
5 colheres (de sopa) de chocolate em pó (de boa qualidade) (peneirado)
1 colher (de chá) de fermento em pó
1 colher (de café) de canela em pó
150 gramas de açúcar amarelo
4 ovos tamanho L
1 iogurte grego natural açucarado (125 gramas)
1,5 dl de leite meio-gordo
1 colher (de café) de extracto de baunilha
Margarina q.b. (para barrar a forma)
Açúcar em pó (para polvilhar)

MODO DE PREPARAÇÃO

Pré-aquecer o forno a 180ºC.
Barrar uma forma de bolo de 24 cm com margarina e forrar com papel vegetal o fundo. 
Num recipiente adicionar a farinha, o chocolate, o fermento, a canela e o açúcar. misturar bem.
Noutro recipiente misturar os ovos com o leite e a baunilha. 
Junte o preparado liquido ao seco, e misture com umas varas. 
Adicionar o iogurte e incorporar bem, mas sem bater demasiado. 
Verta a massa na forma, e leve ao forno cerca de 35 minutos. Vá verificando, e espete um palito no centro do bolo, se sair sem massa crua, está cozido. 
Desenforme, retire o papel vegetal. 
Deixe arrefecer e polvilhe com açúcar em pó. 



Bom Apetite!










quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Batata doce assada com alecrim e paprika

Esta foi a primeira vez que fiz batata doce em casa. E para estreia nada melhor que uma batatas assadas no forno e bem aromáticas. A paprika e o alecrim dão-lhe um sabor para lá de bom. 

A batata doce é um excelente alimento e substituto à batata comum, mas como é doce, não agrada a todos os paladares, mas nada como nos habituarmos. É mais saudável, pois possui um baixo índice glicêmico (logo na sua digestão não eleva muito o açúcar no sangue), é rico em fibra, e também em vitamina A. Vamos lá pegar nesta receita e fazer um acompanhamento delicioso e saudável (temos de começar a ter ideias para as festas que se aproximam).

Se quiseres acompanhar receitas, assim como estas, saudáveis (vá, algumas nem tanto), subscreve o meu canal de YouTube: AQUI. 

Batata doce com especiarias

batata doce com especiarias

INGREDIENTES (para 4 pessoas)

2 batatas doces médias
1 colher (de sobremesa) de alecrim fresco picado
1 colher (de sobremesa) de paprika
1 colher (de chá) de alho em pó
Sal fino q.b.
Azeite q.b.

MODO DE PREPARAÇÃO

Pré-aquecer o forno a 190ºC com um tabuleiro forrado a papel de alumínio.
Lavar muito bem as batatas e secá-las. 
Descascar as batatas, podendo deixar alguma da casca, e cortar em rodelas, ou cubos, dependendo do formato da batata. 
Num recipiente colocar as batatas, a paprika, o alecrim, o alho em pó, um pouco de sal fino e regue com um fio de azeite.
Misture tudo muito bem, até estar incorporado. 
Retire do forno o tabuleiro, e deite um fio de azeite por todo.
Espalhe as batatas, sem as sobrepor e leve ao forno até estarem douradas. 
Vire-as, para ambos os lados ficarem crocantes. 
Retire do forno, e sirva como acompanhamento a carne ou peixe assado, ou mesmo como aperitivo. 


Bom Apetite!

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Maçãs assadas no forno em papelote

Estamos num tempo já frio, e que só apetece comidas e sobremesas quentes a sair do forno. Esta sugestão que vos trago é económica, saborosa, relativamente saudável e elegante para um jantar mais especial. Gosto bastante desta maneira de assar (cozer) as maçãs, pois os sucos ficam todos concentrados, é uma verdadeira delícia. Não usei álcool na receita pois não gosto. Mas podem substituir o sumo, por vinho do porto, ou outra bebida espirituosa a gosto. E o açúcar demarara, pode também ser substituído por açúcar mascavado ou amarelo. Brrrrr, está frio lá fora, vamos lá ligar o forno, e fazer esta receita. 





INGREDIENTES (para 4 pessoas)

4 maçãs reinetas
4 paus de canela
1 colher (de sopa) de canela em pó
1 colher (de café) rasa de erva-doce
1 colher (de sopa) cheia de açúcar demarara
Sumo de maçã q.b.

MODO DE PREPARAÇÃO

Lavar as maçãs e secá-las. 
Misturar as especiarias (a canela e a erva-doce). 
Com um descaroçador retirar o caroço das maçãs, podem usar uma faca se não tiverem. 
Cortar 4 quadrados grandes de papel de alumínio, e 4 quadrados de folha de papel vegetal. 
Colocar no centro da folha de papel de alumínio a folha de papel vegetal.
Em cada, colocar a maçã regando com um pouco de sumo de maçã, polvilhar com a mistura das especiarias, o açúcar demarara e terminar com o pau de canela. 
Fechar cada maçã como um embrulho, e levar ao forno num tabuleiro, cerca de 20 minutos a 200ºC.
Retirar e deixar arrefecer um pouco, sirva ainda morno, mas não muito quente.  


Bom Apetite!

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Bruschettas de requeijão com mel e nozes




























INGREDIENTES

| 4 fatias de pão da avó, alentejano ou até ciabatta 
| 100 gramas de requeijão (esfarelado) 
| 4 nozes picadas 
| Canela em pó q.b. 
| Mel q.b. 

MODO DE PREPARAÇÃO 

| Pré-aquecer o forno a 200ºC.
| Em cada fatia de pão colocar requeijão, polvilhar com um pouco de canela, dispor as nozes, e deitar um fio de mel a gosto.
| Levar ao forno até tostar o pão. 

Sirva como entrada ou no lanche acompanhado de um chá. 


Bom Apetite! 






segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Salada de abacate, tomate, milho doce e fiambre de peru

Antes que termine este "Verão" fora de horas, aqui fica uma salada bem colorida e saudável!

INGREDIENTES (para 2 pessoas)

1 abacate partido em cubos (ver neste meu vídeo como cortar)
2 tomates chuca (partidos em pedaços)
140 gramas de milho doce
1 fatia de fiambre de peru um pouco mais grossa (cortada aos cubos)
1 molho pequeno de salsa fresca (picado)
1 limão (o sumo)
Azeite q.b.
Sal e pimenta branca q.b.
Sementes de sésamo q.b.

MODO DE PREPARAÇÃO

Numa  frigideira saltear com um fio de azeite os cubinhos do fiambre de peru.
Numa saladeira colocar o tomate, o milho, o abacate, a salsa e o fiambre de peru.
Temperar com um pouco de azeite, o sumo do limão, e condimentar com o sal e a pimenta branca.
Misturar tudo bem cuidadosamente.
Polvilhar com sementes de sésamo.


Bom Apetite!

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Bolo de requeijão e canela

As publicações têm sido todas doces, mas a próxima será um prato salgado, prometo, tenho é de pensar em algo! eheh Tinha aqui requeijão disponível, e para utilizar a minha forma de bolo inglês nova, meti mãos à obra e saiu um bolo bem simples aromatizado com canela. Perfeito para o lanche. Sirvam-se de uma fatia, que eu vou fazer um café fresquinho e colocar a água a ferver para um chá, para quem não beber café! :) 


INGREDIENTES

150 gramas de requeijão natural para barrar
3 ovos tamanho M
190 gramas de açúcar
1 limão pequeno (a raspa)
1 dl de leite meio-gordo
200 gramas de farinha de trigo sem fermento
1 colher cheia (de chá) de fermento em pó
1 colher cheia (de chá) de canela em pó
Manteiga e farinha q.b. (para untar e polvilhar a forma)

MODO DE PREPARAÇÃO 

Pré-aquecer o forno a 180ºC.
Untar uma forma de bolo inglês de 22 cm com manteiga e polvilhar com um pouco de farinha. Reserve.
Num recipiente colocar a farinha, o fermento e a canela em pó, misturar com um fouet. Reserve.
Bater bem com uma batedeira os ovos, o requeijão, o açúcar e o leite.
Juntar a raspa do limão, misturar.
Adicionar a farinha ao preparado liquido, e misture com um fouet, apenas até estar incorporado, não bata demasiado.
Levar ao forno até estar totalmente cozido, ir verificando.
Utilizar um palito espetando no centro do bolo e se sair limpo, já está cozido.
Desenformar e deixar arrefecer.


Bom Apetite!



quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Bolo brownie cheesecake de laranja

Não tenho forma própria para fazer brownies, é algo que ainda está na lista, mas como não é uma coisa que vá usar com regularidade vai ficando para último nas prioridades. Mas isso não impede que faça brownie e cheesecake de uma só vez, e assim fica em formato de bolo, e é bem giro. Giro giro não é, vendo bem...pois eu não sei decorar, não tenho lá muito jeito para as sobremesas bonitas e perfeitas, mas não é defeito, é feitio! :) 
Este têm o sabor amargo de um brownie de chocolate preto com a doçura de um cheesecake de laranja! E todos sabemos a perfeição que é a combinação de laranja e chocolate. 
Não é um bolo muito bonito, mas é um bolo delicioso! 



INGREDIENTES

Para o cheesecake 

350 gramas de queijo creme (à temperatura ambiente)
2 ovos tamanho L 
2 colheres bem cheias (de sopa) de açúcar em pó 
1 colher (de sopa) de sumo de laranja
 Raspa de 1 laranja 

Para o brownie 

200 gramas de chocolate para culinária (70% cacau)
150 gramas de manteiga com sal (à temperatura ambiente)
200 gramas de açúcar branco
110 gramas de farinha com fermento
3 ovos tamanho L
1 colher (de chá) de canela em pó 

MODO DE PREPARAÇÃO

Untar ligeiramente uma forma de aro removível de 24 centímetros com manteiga e forrar o fundo e os lados com papel vegetal. 
Derreter em banho-maria o chocolate partido em pedaços junto com a manteiga, mexer de vez em quando. Retirar do lume e deixar arrefecer um pouco. 
Bater os ovos com o açúcar até estar bem incorporado. 
Juntar o chocolate derretido ao preparado anterior, e misturar. 
Adicionar a farinha e a canela em pó, e bater apenas até a farinha estar incorporada (não bata demasiado). 
Verter a massa do brownie na forma.
Bater o queijo creme um pouco com a batedeira. 
Juntar os ovos, o sumo e a raspa da laranja, e bater até estarem todos os ingredientes incorporados. 
Juntar o açúcar em pó e bata mas não demasiado para o queijo não ficar muito liquido (cuidado com a velocidade da batedeira para não se espalhar pois o açúcar é em pó). 
Dispor na forma por cima da massa brownie e tentar espalhar bem por todo com a ajuda de uma espátula. 
Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC cerca de 35 minutos, dependendo de cada forno. Ir verificando. 
Retirar do forno, deixar arrefecer um pouco e desenformar, retirando do papel vegetal. 
Servir polvilhado com açúcar e canela em pó. 
Podem servir à temperatura ambiente, mas fica delicioso se servido frio e conservado no frigorífico. 


Bom Apetite! 



quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Pataniscas de bacalhau

Estava indecisa na receita que haveria de fazer para o desafio mensal Dia Um... Na Cozinha!, já que o tema deste mês é Bacalhau...ora, existem mil e umas maneiras de preparar o "fiel amigo", mas não vos trago nada difícil, nada disso...trago umas pataniscas de bacalhau. Não comia há meses e por isso mesmo decidi fazer, e que satisfeita fiquei acompanhado de um belo arroz de feijão vermelho. Nada mais reconfortante, prefiro mil vezes estas comidinhas a fast food! Pataniscas são óptimas ainda mornas claro, mas no dia seguinte ainda sabem melhor, directas do frigorífico para a barriguita, ou num pão...que maravilha! nham nham!!

























INGREDIENTES (cerca de 10 pataniscas)

1 posta ou lombo de bacalhau demolhado
300 gramas de farinha de trigo sem fermento
1,5 dl de leite
1,5 dl de água
1 cebola pequena
1 molho generoso de salsa fresca
2 ovos tamanho M
Alho em pó q.b. 
sal e pimenta branca q.b. 
Óleo vegetal q.b. (para fritar)

MODO DE PREPARAÇÃO

Retirar as espinhas e desfiar o bacalhau. Reservar.
Num recipiente coloque a farinha e vá juntando aos poucos a água e o leite, mexendo até estar bem incorporado e livre de grumos. 
Junte os 2 ovos, e misture bem. 
Pique a cebola finamente e a salsa. Junte à massa.
Condimente com um pouco de sal (atenção para não salgar demasiado), a pimenta branca e o alho.
Incorpore no preparado o bacalhau, e misture bem por todo. 
Aqueça numa frigideira o óleo, mas não demasiado quente. 
Com uma concha da sopa deite pequenos montes da massa na frigideira, separados uns dos outros.
Deixe alourar, e vá virando com a ajuda de dois garfos (não deixe torrar demasiado, mas não os deixe crus). Tenha em atenção sempre a temperatura do óleo. 
Colocar papel absorvente numa travessa para absorver a maior parte da gordura que as pataniscas tenham ao serem retiradas da frigideira.


Bom Apetite!







segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Croissants folhados com doce de abóbora e requeijão

Estive seriamente a pensar em não partilhar esta receita...fui um bocadinho egoísta, mas apenas por uns minutos,depois pensei...que se lixe! Sim, porque não tenho palavras para descrever o quão bons são estes croissants...do outro mundo, para terem noção, numa semana fiz 4 fornadas! Com certeza não foi a descoberta da pólvora, mas para mim um dia que tenha o meu negócio, estes meninos vão ser top vendas de certezinha! Agora vejam lá se me roubam a ideia! ;)
Se fosse a vocês fazia se gostarem destes ingredientes, depois não digam que não avisei! :)


INGREDIENTES (para 8 croissants)

1 placa de massa folhada redonda (230 gramas)
150 gramas de requeijão (esfarelado)
q.b. Doce de abóbora 
q.b. Açúcar em pó 
q.b. Canela em pó 
q.b. nozes picadas 
1 ovo (batido)
Farinha de trigo q.b. (para polvilhar a superfície de trabalho)

MODO DE PREPARAÇÃO

Polvilhe uma superfície com um pouco de farinha.
Estique um pouco a massa folhada com a ajuda de um rolo de cozinha.
Corte a massa em 8 partes iguais ( em triângulos).
Esticar um pouco cada triângulo.
Na base mais larga da massa, coloque um pouco de requeijão e em cima um pouco de doce de abóbora (não encha demasiado).
Pincele com ovo em toda a volta da massa, que irá ter uma função de cola. 
Dobre da parte mais larga para dentro, até o croissant estar totalmente enrolado, dobrar as pontas da massa folhada de fora para dentro.
Num tabuleiro de forno com papel vegetal disponha os croissants.
Pincele cada um deles com um pouco do ovo batido. 

Coloque as nozes picadas no topo de todos os croissants. 
Leve ao forno a 190ºC até ficarem dourados e estaladiços, mas tendo atenção para não deixar queimar.
Deixe arrefecer um pouco e polvilhe com a canela e o açúcar em pó. 













Bom Apetite!


sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Mini frittatas de queijo de cabra, beldroegas e tomate cereja

Para o regresso do projecto conjunto "Há vida para além da massa de atum" dos blogues organizadores, Coisas e Coisinhas e A cozinha da ovelha negra, trago umas mini frittatas, ou mini omeletes, como quiserem chamar. O tema escolhido deste mês pela autora do blogue Petiscana é "Petiscos saudáveis e amigos da carteira", e acho que a minha sugestão se enquadra perfeitamente. São simples de fazer, saudáveis, e relativamente acessíveis a nível monetário.




















INGREDIENTES (para 8 mini frittatas) 

4 ovos tamanho L
200 gramas de queijo de cabra
1 punhado de beldroegas (só as folhas) 
8 tomates cereja 
Pimenta preta q.b. 
Azeite q.b. 

MODO DE PREPARAÇÃO

Pincelar com azeite 8 formas de pasteis de nata.
Esfarelar o queijo de cabra e juntar numa tigela com as folhas de beldoregas, misturar bem. 
Em cada forma dispor um pouco da mistura do queijo com as beldroegas, não enchendo demasiado. 
Bater os ovos com um garfo e condimentar com pimenta preta. 
Verter os ovos por cada forma, mas não encha demasiado, pois no forno cresce um pouco. 
Colocar no topo em cada forminha um tomate cereja partido ao meio. 
Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC e deixe até ficarem douradas, e aumentarem de volume (não deixe demasiado tempo para os ovos não ficarem demasiado duros. 
Retire do forno, e deixe arrefecer um pouco, e com a ajuda de uma faca desenforme-as. 
Sirva ainda morno. 


Bom Apetite! 








quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Creme de cenoura com beldroegas

O Outono chegou, e a primeira receita da época mais adequada não podia ser, uma refeição para aconchegar a barriguinha nestes dias que começam a ficar mais frescos. Gosto do Outono, principalmente das cores quentes, tal como as deste creme de cenoura com beldroegas. 

As beldroegas são uma planta parecida com o agrião, mas com um sabor mais adocicado. São mais usadas e conhecidas no sul do país, nomeadamente no Alentejo, onde se faz a típica sopa de beldroegas, que nunca fiz, mas algo sem dúvida na lista de receitas a experimentar. São saudáveis tais como os espinafres e o agrião, aliás, pelo que pesquisei, contêm muito mais ómega 3 e um valor nutricional  superior do que estes dois, pelo que é uma óptima escolha na nossa alimentação. Acho que as pessoas não usam muito por desconhecimento ou por se parecer com uma erva banal, por crescer tão junto à terra e não ter um ar muito apelativo por vezes. Mas na minha opinião é só benefícios, a facilidade de as semear, se tivermos acesso até nos campos encontramos pois expandem-se de tal forma, qual erva daninha, excelente para a saúde, e após provar...estranha-se...depois entranha-se. 



INGREDIENTES (para 2 ou 4 pessoas)

4 cenouras médias
1 cebola média
1 batata pequena
1 dente de alho
1 raminho de salsa fresca
1 molho pequeno de beldroegas (só as folhas e talos mais finos)
1 colher (de sobremesa) de azeite extra virgem
Sal q.b.
Água q.b.

MODO DE PREPARAÇÃO 

Numa panela colocar as cenouras lavadas, sem casca e cortadas em cubos pequenos, a cebola, sem casca e cortada em pedaços pequenos, a batata lavada, sem casca e cortada aos cubos, o dente de alho picado e a salsa fresca lavada.
Encher de água até cobrir bem todos os ingredientes.
Cozer cerca de 20 minutos.
Adicione mais água se necessário e triture com uma varinha mágica.
Veja a consistência do creme, e adicione ou não mais água de acordo o gosto pessoal.
Leve de novo ao lume, e junte um pouco de sal, mexa.
Junte as beldroegas lavadas, e coza uns minutos apenas.
Desligue o lume e junte o azeite extra virgem, misture.
Sirva ainda quente ou morno.



Bom Apetite! 











quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Sementes de abóbora tostadas

Quando usarem a abóbora inteira, não deitem fora as sementes. Tem várias utilizações, além de serem muito saudáveis, são ricas em vitaminas e minerais, e são aliadas excelentes para 
prevenção de algumas doenças, como a maioria das sementes aliás. 
Servem-se juntamente com as saladas, sopas, em batidos, em pão, perfeitos para aperitivo ou para ir petiscando ao longo do dia, já utilizei em molhos e pastas com ervas aromáticas triturados, no fundo, onde a imaginação nos levar...
Mas não convém comer ao natural, pois é de difícil digestão e torna-se impossível de mastigar. Temos de as tratar previamente, e eu mostro-vos como faço.


























MODO DE PREPARAÇÃO 

Lavar e secar com um pano de cozinha limpo as sementes.
Colocar ao sol num tabuleiro para secarem melhor, não precisa de muito tempo, eu deixo 1 hora apenas (mas se o tempo não estiver nas melhores condições, pode saltar este passo). 
Torrar as sementes numa frigideira anti-aderente ou no forno a cerca de 70ºC durante uns 10 minutos. 
Deixar arrefecer e guardar num recipiente hermético, e conservar num local seco e escuro. 

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Doce de abóbora

Está a chegar a época de fazer os doces com as frutas de Outono, e gosto tanto! Trago-vos um doce de abóbora, que é uma maravilha! Antes não era algo que apreciasse, mas agora adoro, até porque os gostos vão se apurando ao longo do tempo! Numas tostas com umas nozes fica tão bom! Doce de abóbora com o aroma e o cheirinho a canela chama mesmo ao aconchego!  
































INGREDIENTES

2 kg de abóbora (sem casca e sementes)
1 kg de açúcar branco 
2 paus de canela 

Por cada kg de abóbora, 500 gr de açúcar. 

MODO DE PREPARAÇÃO

Cortar a abóbora a meio e retirar as sementes. 
Cortar em pedaços mais pequenos e descascar. 
Partir em cubos bem pequenos a abóbora. 
Colocar num tacho largo e cobrir com o açúcar, mexer com uma colher de pau.
Deixar a macerar cerca de 8 horas, ou até amolecer a abóbora e ganhar líquido.
Levar ao lume e deixar ferver.
Juntar os paus de canela, mexa. 
Colocar o lume médio, e deixar cerca de 1h30, e ir amassando a abóbora com a colher de pau. 
Dependendo ou não se a abóbora é mais dura, pode usar a varinha mágica para a desfazer. 
Verificar se já está no ponto estrada (coloque um pouco do doce num prato, passe com o dedo, e se abrir como uma estrada e for se fechando lentamente está no ponto certo).
Retirar os paus de canela. 
Colocar o doce em frascos esterilizados e fechar com a tampa (ferver água em cachão, e colocar os frascos e tampas na água dentro do tacho com a água, fora do lume, retire com cuidado os frascos para não se queimar).
Deixar os frascos com o fundo virado para cima e deixe arrefecer totalmente. 
Depois de aberto o frasco, conserve no frigorífico. 


Bom Apetite!

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Mousse de chocolate

Um clássico, acho que poucas pessoas não gostam de mousse de chocolate. Deixo-vos a minha forma de a preparar. 























INGREDIENTES (para 5 taças)

200 gramas de chocolate para culinária
120 gramas de manteiga 
5 ovos tamanho M 
1 colher (de sopa) de açúcar branco 
1 colher (de café) de extracto de baunilha 
Chocolate de leite q.b. 

MODO DE PREPARAÇÃO 

Leve a banho-maria o chocolate e a manteiga partidos em pedaços, e deixe derreter mexendo de vez em quando para se tornar num creme homogéneo. 
Num recipiente colocar 5 gemas, e o extracto de baunilha, mexa. 
Verta um pouco do preparado do chocolate e mexa para temperar as gemas. Adicione o restante, e misture bem. Deixe arrefecer um pouco. 
Bata as claras em castelo, adicione o açúcar e bata mais um pouco. 
Misture cuidadosamente as claras no creme de chocolate, não batendo.
Verta em taças individuais ou numa taça grande. 
Leve a solidificar um pouco no frigorífico a mousse. 
Polvilhe com raspas de chocolate de leite a mousse, usando um ralador. 


Bom Apetite! 








segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Tarteletes de queijo de cabra com cebola caramelizada- receita de Entertaining with Beth

Uma entrada simples, deliciosa e fácil de fazer! A receita veio directamente do canal de youtube Entertaining with Beth. Adoro adoro cada receita que neste canal há...porque não sendo fã de comida muito elaborada e elegante, estes vídeos são tão simples, e ela explica tão bem, que é impossível não gostar! 
Adorei a combinação da cebola caramelizada doce com o queijo, e ficam um mimo...























INGREDIENTES (Para 6 mini tarteletes)

1 placa de massa folha pequena retangular ou quadrada
100 gramas de queijo de cabra
1/2 cebola pequena
1/2 cebola pequena roxa
1 colher (de sobremesa) de vinagre balsâmico
1 colher (de chá) de mel
1 colher (de sobremesa) de raminhos de alecrim fresco picado
Sal fino q.b.
Farinha de trigo q.b. (para a mesa de trabalho)

MODO DE PREPARAÇÃO

Polvilhe com um pouco de farinha uma superfície.
Estique um pouco a massa folhada.
Com uma forma pequena de pastéis de nata, corte 6 círculos de massa com a ajuda de uma faca.
Coloque nas formas moldando bem.
Esfarele o queijo de cabra e coloque um pouco em cada forma, não enchendo demasiado.
Reserve no frigorífico.
Corte às tiras finas as cebolas.
Leve a saltear numa frigideira antiaderente até ganhar uma cor translúcida e começar a amolecer.
Adicione o vinagre balsâmico, o alecrim, um pouco de sal fino e o mel.
Mexa e deixe cozinhar mais um pouco.
Coloque com a ajuda de uma colher um pouco do preparado da cebola caramelizada por todas as formas.
Leve ao forno a 190C num tabuleiro, e deixe até dourar um pouco e folhar a massa (tenha em atenção para não deixar queimar em demasia a cebola).

Retire do forno e deixe arrefecer completamente; desenforme. 

































Bom Apetite!


sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Palmiers de canela e erva doce

Um mimo para o lanche...pronto, para o chá das 5 para ser mais chique...
Adoro palmiers quer doces, quer salgados...estes são docinhos, e levam dois ingredientes que adoro. A canela e a erva-doce! Combinação dos deuses! 
O vosso forno espera por um tabuleiro destes meninos! 

INGREDIENTES (16 palmiers)

1 placa de massa folhada retangular ou quadrada
2 colheres (de sopa) de açúcar branco
1 colher (de sopa) de canela em pó
1 colher (de chá) de erva-doce
Açúcar q.b. (para polvilhar a mesa de trabalho)

MODO DE PREPARAÇÃO

Pré-aqueça o forno a 190C.
Polvilhe uma superfície com um pouco de açúcar branco.
Estique um pouco a massa folhada com o rolo da massa.
Misture numa tigela o açúcar, a canela e a erva-doce.
Espalhe esta mistura por toda a massa folhada.
Dobre a meio a placa em cada lado como se fosse uma espécie de envelope.
Cada parte dobrada enrole para dentro, e junte bem para não abrir demasiado ao cozer no forno.
Corte em tiras não muito finas.
Coloque num tabuleiro com papel vegetal ligeiramente separados uns dos outros, para não colarem durante a cozedura.
Deixe cozer até estarem dourados, vá verificando regularmente e vire-os com uma espátula a meio da cozedura, para ficarem cor uma cor uniforme e não queimarem.
Retire do forno e deixe arrefecer completamente.



























Bom Apetite!  

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Pasta alla checca - receita de BenjiManTv

O calor ainda está por aqui, e como tal vamos aproveitar e fazer umas refeições a condizer! 
Esta é uma receita tão simples; um prato italiano delicioso, que consiste num molho cru, numa mistura deliciosa de tomate, manjericão, alho e azeite!
Desconhecia este prato e fui dar com ele no canal de youtube BenjiManTv, um apaixonado pela comida e digamos, um entusiasta da comida biológica, embora não me identifique muito, acho piada...aliás, sigo os vlogs no canal itsJudysLife, da família toda, são os únicos que assisto de momento, pois acho uma ternura a interacção entre todos. 

Vamos lá por as mãos na massa...é tão simples de fazer, mas é mesmo muito boa!



INGREDIENTES (para 2 pessoas)

120 gramas de massa fettuccine
12 tomates cereja
2 dentes de alho
1 tigela pequena com folhas de manjericão frescas
2,5 dl de azeite extra virgem de boa qualidade
4 queijos mozzarella pequenos
Sal e pimenta preta q.b.

MODO DE PREPARAÇÃO

Lave e corte os tomates cereja a meio.
Lamine finamente os dentes de alho, corte as folhas de manjericão.
Numa tigela coloque o tomate, o manjericão, o alho, condimente com um pouco de sal fino e pimenta preta.
Adicione o azeite e misture bem.
Cubra com pelicula aderente e deixe a marinar cerca de 4 horas, à temperatura ambiente, ou também no frigorífico se desejarem (é opcional).
Coloque uma panela com bastante água e sal, deixe ferver.
Adicione o fettuccine, mexa para não pegar e deixe cozer até estar al dente (veja na embalagem o tempo de cozedura).
Escorra a massa e coloque numa saladeira.
Corte os queijos a meio ou em 4 pedaços e junte à massa.
Deite por todo o fettuccine o molho que ficou a marinar, e misture bem, mas cuidadosamente para não quebrar a massa.
Sirva ainda quente ou frio.



Bom Apetite! 

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Bolo mil-folhas com doce de ovos e canela

Para comemorar o 1º aniversário do grupo Dia Um...Na Cozinha! as administradoras do mesmo decidiram-se por um tema mais que apropriado, ora...fazer bolos! Eu decidi-me por algo bem simples, mas que nunca tinha feito antes, um mil-folhas...e por isso é bem especial para mim, pois ficou na minha opinião (mera amadora e uma iniciante na cozinha), perfeito! E nada melhor do que dedicá-lo às meninas que iniciaram o grupo, onde todos os meses há uma deliciosa de partilha de receitas! Espero que todos gostem! Uma fatia para cada uma de vocês, e todos que participam mensalmente! 

INGREDIENTES

1 placa de massa folhada rectangular 
Açúcar em pó q.b. 
Canela em pó q.b. 

MODO DE PREPARAÇÃO

( O doce de ovos pode preparar no dia anterior à preparação do bolo, ou então umas horas antes, pois necessita arrefecer totalmente. )
Cortar com a ajuda de uma faca a placa de massa folhada em 3 partes iguais. 
Picar com um garfo de um lado e outro cada placa. 
Levar ao forno num tabuleiro com papel vegetal ou no papel que vem embrulhada a própria massa, pré-aquecido a 200ºC, e deixe dourar de ambos os lados, virando a meio da cozedura, para não queimar demasiado. 
Deixar arrefecer totalmente. 
Polvilhe a primeira placa de massa folhada com um pouco de canela em pó e barre com doce de ovos. 
Coloque por cima outra placa da massa folhada e polvilhe novamente com a canela em pó, barre com o doce de ovos.
Termine com a restante placa de massa folhada e polvilhe generosamente com açúcar em pó.

Bom Apetite!  

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Croissants mistos

E que me dizem a uns croissants mistos? São uma maravilha para o lanche, o pequeno-almoço (ou não :P), piqueniques...mas mais importante, são bastante versáteis pois podemos substituir o recheio, a cada gosto, e o que por lá anda perdido no frigorífico. 

















INGREDIENTES (para 8 croissants)

1 placa de massa folhada redonda (230 gramas)
8 fatias de fiambre
4 fatias generosas de queijo curado de cabra, vaca e ovelha
1 ovo
Pimenta branca q.b.
Sementes de sésamo q.b.
Farinha de trigo q.b. (para polvilhar a superfície de trabalho)

MODO DE PREPARAÇÃO

Polvilhar uma superfície com um pouco de farinha.
Esticar um pouco a massa folhada com um rolo e cortar em 8 partes iguais (triângulos).
Cada triângulo esticar um pouco, colocar na base mais larga 1 fatia de fiambre partida ou dobrada e o queijo (metade de 1 fatia).
Dobrar da parte mais larga para dentro, até o croissant estar totalmente enrolado, dobrar as pontas de massa folhada de fora para dentro.
Colocar no tabuleiro de forno, papel vegetal e dispor os croissants.
Bater um ovo e condimentar com um pouco de pimenta branca.
Pincelar cada croissant com o ovo e polvilhar com sementes de sésamo.
Levar ao forno a 190ºC até estarem dourados e estaladiços, mas tendo atenção para não queimar.


































Bom Apetite!