6 de janeiro de 2016

Anho assado com arroz de forno

Ora aqui está uma iguaria que ou se ama ou se odeia pelo seu sabor. Eu confesso, adoro! Não como as vezes que gostaria, pois não é uma carne saudável, e a gordura faz-me mal, e é com esforço que me controlo para não comer muito mais! E a acompanhar tem sempre de haver o belo arroz de forno! As comidas tradicionais Portuguesas são tão boas, porque tem de ser tão pouco saudáveis? :D

A carne do anho pode ser muito gordurosa, e se não for bem cozinhada, pode se tornar muito enjoativa, mas o truque está no tempero. Na marinada uso vinho Espumante. Acreditem, faz muita diferença...fica com um sabor mais leve e delicioso. 




























INGREDIENTES

3.500 kg de anho (já partido e arranjado)
2 cebolas grandes
6 dentes de alho
2 folhas de louro
1 colher (sopa) cheia de pimentão doce
1 colher (sopa) cheia de alecrim fresco picado
1 garrafa de espumante (usei Raposeira Reserva Doce)
q.b. sal e pimenta branca

1 tigela de arroz agulha
4 medidas (da tigela) de água
2 rodelas de salpicão (não muito finas)
2 fatias de presunto
1 folha de louro
1 cebola
1 colher (sopa) de salsa fresca picada grosseiramente
1 colher (sobremesa) de curcuma
q.b. pimenta branca

PREPARAÇÃO

Para o anho assado

Numa bacia grande coloque o espumante, a cebola cortada em rodelas, os alhos picados, o louro, o pimentão, o alecrim e sal e pimenta a gosto.
Coloque o anho, e envolva muito bem na marinada.
Tape com um pano de cozinha limpo, e deixe à temperatura ambiente.
Deixe pelo menos 12 horas a marinar (de preferência de um dia para o outro).
Pré-aqueça o forno a 190ºC.
Coloque o anho numa assadeira de barro (preferencialmente).
Leve ao forno cerca de 40 a 45 minutos (dependendo dos fornos, vá verificado).

Para o arroz de forno

Num tacho coloque a água, o salpicão cortado aos cubos pequenos, o presunto cortado, o louro e um pouco de pimenta branca.
Deixe levantar fervura, e deixe apurar os sabores uns minutos.
Coloque a curcuma, e deixe dissolver.
Numa assadeira de barro coloque o arroz, espalhe pelo fundo.
Disponha por cima do arroz a cebola cortada em meias-luas finas e a salsa.
Com uma escumadeira retire as carnes da água e espalhe também por cima do arroz.
Verta a água na assadeira.
Leve ao forno por 25 ou 35 minutos (verifique a cozedura).



Bom Apetite!


20 comentários:

  1. Eu faço parte do grupo que odeia, além de não gostar do sabor da carne, confesso que tenho pena do animal por ser tão lindo e fofo. Já o arroz de forno venha ele que eu adoro! :D
    Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem digas nada Inês...eu gosto do sabor da carne, não como muito porque não é saudável, e também confesso...cada vez mais olhar para os bichinhos me causa uma certa impressão, mas gosto na mesma da carne (uma contradição natural)! Uma pessoa ao comer directamente do talho, não vê, nem ouve, mas eu como vivo numa vila, quando ouço as matanças recuso-me a comer, e quando era pequena dizia à minha mãe que queria o frango do talho e não o caseiro! :D Gostava de ter a coragem para deixar de comer carne, mas ainda não consegui, mas por mim seria só o frango a fazer parte da minha alimentação...coelho já deixei de comer!

      Arroz de forno é tão bom! :D

      Beijinho*

      Eliminar
    2. Eu ainda como carne, mas é mais frango e porco, sei que é uma contradição ter pena de uns e não de outros, mas não consigo deixar de comer carne completamente.
      E estou como tu, não sou capaz de presenciar a morte, seja de um porco, ou de uma galinha, por norma até tapo os ouvidos para não ouvir os sons. Quanto aos do talho é a tal coisa, olhos que não vêem, coração que não sente. :)
      Beijinhos

      Eliminar
  2. É uma prato que adoramos cá em casa,...
    Feliz Dia de Reis :)
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    http://strawberrycandymoreira.blogspot.pt/
    www.facebook.com/omeurefugioculinario

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É de facto muito bom! :)
      Um Feliz dia de Reis!
      Beijinhos*

      Eliminar
  3. Se for bem feito nem damos pelo tipo de carne, é muito bom! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade! Tem é de ser bem preparado... :)

      Beijinhos*

      Eliminar
  4. Embora não goste de cabrito, anho e borrego gosto bastante e assim já comia :)
    Gulosoqb

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, o cabrito consegue ter um sabor um pouco diferente...prefiro também anho e borrego! :)
      Beijinhos*

      Eliminar
  5. Gosto tanto mas como sou a unica acabo por nunca fazer
    Esta ficou mesmo com um aspecto delicioso, já jantava
    Bom ano

    ResponderEliminar
  6. Eu adoro Marlene!! Anho, borrego, cabrito, tudo!
    Tudo o que é bom não é saudável e por isso temos é de saber balançar.
    O aspecto está tão magnífico, que me levaste directamente a casa da minha avó, onde o anho e o arroz eram assados no forno a lenha, em tachos de barro negro de Bisalhães e não há sabor igual!
    Gostei dessa dica do espumante e hei-de experimentar.
    Um beijinho e feliz ano novo,
    Lia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em forno de lenha é tão bom Lia! Só de falares, já fiquei a imaginar o sabor e aroma! :D

      Com espumante resulta muito bem, experimenta!

      Um Feliz ano! :)
      Beijinhos*

      Eliminar
  7. A minha perdição é o cabrito! O teu anho ficou com um aspecto delicioso.
    Bom Ano!
    bjns

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cabrito já não gosto assim tanto, mas como!
      Mas anho sim...obrigada pela visita! :)

      Bom ano!
      Beijinhos*

      Eliminar
  8. parece-me uma delicia!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Gosto muito,mas também digiro mal porcausa d gorura. Gostei do truque do vinho.
    Beijo da Nina

    ResponderEliminar
  10. Acho que nunca comi essa carne, mas não costumo ser fã de carnes do género. :/ Ainda assim, essa parece-me deliciosa e bem preparada :D

    ResponderEliminar